CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA NÃO PODE SER COPIA E COLA

Como fazer um CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA?

Na internet, acharemos bons códigos de conduta. É fácil encontrar um que se parece com a realidade da empresa e adaptar. Dá menos trabalho do que fazer. Seria ético? E se copiar e colar, como pode alguém fazer um código de conduta ética com um comportamento não ético? Não seria ético porque, de início, vai copiar ou adaptar partes de um documento para um manual cuja autoria vai ser entendida como sendo da empresa e não mencionar a fonte. Pode acontecer isso?

Copiando e colando, não será ético, porque, provavelmente, não terá havido uma consulta aos diversos níveis da organização para observar os valores internos que devem fazer parte de seu conteúdo, bem como os dilemas éticos existentes. Não havendo essa consulta, o que foi escrito provavelmente não refletirá os valores e dilemas....

Também não será ético porque, provavelmente, estará dando direcionamentos que não poderão ser atingidos, incluindo compromissos que não serão cumpridos, porque poderão não ter processos organizacionais para dar suporte. Temos, como exemplo, os processos que podem ter riscos de integridade, tais como os de compras (que pouco estruturados/ seguros podem facilitar riscos como ter subornos, favorecimentos, etc), de recrutamento e seleção (nepotismo, favorecimentos, descuidos), entre outros. Ao “copiar e colar” se garantiria integridade ou segurança dos processos e ações declarados?

É preciso desenvolver o CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA de forma técnica e profissional. Hoje temos recursos para isso: Profissionais experientes, e até mesmo normas IS0 que nos ajudam elaborá-lo. Entre outras, a IS0 37.001 (Sistema de Gestão Antisuborno, ligada a integridade), IS0 19.600 (Sistema de Gestão da Compliance, que é estar conforme as leis, regras, etc), a IS0 21.000 (Segurança da Informação). Temos também a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). Não se tem um CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA sem processos que previnam riscos de integridade e também um bom sistema de Compliance), proteção de dados. Não precisa implantar as normas, mas usar como referência.

Exemplo de sequencia de atividades na implantação de CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA.

Levantamento da cultura da organização,

•Criação de comissões de discussão/debates.

•Consulta/ entrevistas aos colaboradores e gestores para compreender as questões éticas enfrentadas no dia a dia.

•Identificação de situações de conflito de interesses e situações que não condizem com valores éticos geralmente aceitos.

•Análise e eventual ajuste ou desenvolvimento de processos organizacionais que vão dar suporte ao comportamento ético e cumprir o que for estabelecido.

•Implantar formas de retorno como o Canal de Denúncias, que assegure sigilo do denunciante.

•Elaborar e preparar a implantação do código e seus processos.

•Treinar e motivar todos no Código de Conduta Ética, através de seminários.

Código de Conduta Ética é coisa séria, não pode ser feito só para fazer bonito.


Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square